quarta-feira, 8 de novembro de 2006

Se eu fosse ...

Se eu fosse uma efémera que nasce ao amanhecer de um dia, um bichinho pequeno, insignificante …, com duas bonitas asinhas nas costas … Um insecto que acaba de acordar para a vida, uma vida cheia de aventuras, diversão, uma vida que só dura um dia. E o que é que eu efémera faço num dia? A resposta é fácil, tudo. Uso e aproveito da minha curta existência para ser feliz. Sou um bichinho despreocupado para quem vinte e quatro horas são tudo. Pois é, tenho de fazer aquilo para que vocês, humanos, têm talvez mais de trinta anos! Vocês podem deixar-se preguiçar num sofá todo o dia, eu não. Para mim neste dia não há nada impossível ou perigoso. Salto de pedra em pedra, escorrego nas folhas, danço, canto, brinco, arranjo um amigo, uma amiga, um namorado …, visito outros lugares, rio, voo, faço coisas que nunca pensei fazer. E mais tarde, ao luar, junto-me ás meu companheiro numa dança animada …. Um último riso, um último bater de asas, antes de me apagar e me juntar ás estrelas.
Mas não tenham pena de mim pois, de todos os seres terrestres, sou talvez a mais sensata. Embora a minha vida seja curta eu ao contrário de vocês, humanos, aproveito-a ao máximo. Por vezes vocês são maldosos, tanto para os outros como para vós próprios e acabam por estragar as vossas vidas com coisas que muito provavelmente podiam ser evitadas. E esta é a minha missão, transmitir uma importante mensagem: Aproveitem a vida ao máximo.
Á uns tempos atrás a vodafone fez um exelente anuncio sobre este bichinho.
Para ver e pensar:
Espero que gostem!
Filipa

4 comentários:

gui*** disse...

olá está tudo bem? espero que sim!Está muito giro este texto parabéns pelo teu texto está um espectaculo!!!!

bjocas da gui***(margarida)

Filipa disse...

Sim Gui está tudo bem comigo e espero que contigo tambem. A sério que gostas-te do texto? Fico muito contente!
Beijocas,
Filipa

3za disse...

Lindo o texto! Gostei muito!
beijinhos

TA-SE(xto) disse...

Obrigada professora, espero continuar a ter tempo para pôr aqui no blog mais uns textos meus :D.
Beijinhos
Filipa